SIC investiga agente da polícia morto à pedrada por residentes em Cafunfo

Um oficial da Polícia Nacional (PN) foi morto à pedrada por residentes na localidade Cafunfo, município do Cuango, província da Lunda Norte, na passada terça-feira, 08 de Novembro, por alegadamente ter disparado mortalmente contra um jovem quando tentava dispersar uma briga entre alguns cidadãos.

Inconformados com a ocorrência, residentes do conhecido bairro Bala-Bala terão desarmado e apedrejado o agente da PN até à morte.

Fontes locais afirmam que o oficial, identificado como António Gambajó, exercia o cargo de comandante do Posto Policial de Cavuba, Município de Xamuteba.

As testemunhas locais avançaram igualmente que, Arlindo João Costa, de 17 anos de idade , morto “acidentalmente” era, por sinal, sobrinho do agente da PN.

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) estará a investigar as circunstâncias da morte do oficial da PN ao mesmo tempo que procura os autores do crime, acusados igualmente de se terem apossado da arma da vítima.

O activista Jordan Muacabinza condena a acção afirmando não haver sentido em “fazer justiça por mãos próprias quando existem órgãos competentes para o efeito”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: